Por que o Farmville é tão popular?


Por que o Farmville é tão popular?=

Para muitas pessoas o jogo da internet Farmville se tornou parte de vida diária. A premissa do jogo é simples - você é um fazendeiro, embora virtual - com seu próprio pedaço de terra. Seu trabalho é cultivar alimentos e criar animais.


Fazem parte do jogo, o cultivo de batatas, melancias e a criação de galinhas e vacas. Você ganha pontos dependendo do seu sucesso e o objetivo é conseguir a pontuação mais alta. O jogo proporciona um pouco de escapismo do dia-a-dia e ajuda as pessoas a viverem melhor

Para muitos pessoas, Farmville se tornou uma ocupação prazerosa. O jogo foi lançado em junho de 2009 e, desde então, alcançou a marca de mais de 80 milhões de pessoas inscritas. Certamente é improvável que todo os inscritos continuam a jogá-lo regularmente, mas ainda assim, não há dúvidas que a quantidade de jogadores regulares é enorme, com pessoas ao redor do mundo, de todas as idades e formações.

Por que o Farmville é tão popular?

Farmville é acessado como uma aplicação do site de relacionamentos Facebook e agora tem seu próprio website também. O fato que levou o jogo ao seu grande sucesso, certamente é a sua presença na rede social, que permitiu que ele atingisse a grande base de usuários do Facebook.

Sua disponibilidade em redes sociais criou uma onda nova de jogadores de computador que normalmente não iria chegar perto de um video-game convencional.


Efeito significante

Alguns começaram a jogar o Farmville apenas para experimentar e até achavam o jogo tedioso, mas passaram a jogar diariamente. Por que a atração?

O jogo se torna uma experiência pessoal, porque sua fazenda é algo que você cuida. "O que você está fazendo precisa ter um pouco de significado, como a plantação e as colheitas ", afirma um usuário.

Por que o Farmville é tão popular?

O jogo também tem um elemento competitivo - é sobre ter a melhor fazenda e ganhar mais dinheiro para cuidar de sua manutenção. Também o jogo pode ser coperativo, onde é possível interagir com as fazendas de seus amigos, molhando as plantas e alimentando os animais deles.

O jogo é grátis, mas se você quiser comprar moedas extras para manter sua fazenda, você tem a opção para comprar mais com seu cartão de crédito.

É o senso de recompensa que continua fazendo as pessoas jogarem Farmville, é como um "Lego" virtual, onde construindo algo do zero, vendo seu crescimento através do cultivo, dá aos jogadores um senso de realização.


TOP 5 Países de Farmville com mais jogadores:

1. Estados Unidos
2. Turquia
3. Filipinas
4. Reino Unido
5. Itália


Apesar dos muitos adeptos, também há muitos outros que são os "Anti-Farmville "que tem inclusive grupos on-line. Um deles é o Not Playing Farmville - Não Jogando Farmville, que tem mais de 2 (dois) milhões de sócios.

Um dos sócios disse: "todo mundo preocupado com a influenza do suíno, mas eu penso que nós precisamos nos preocupar com a epidemia de Farmville."

Radicalismos a parte, segundo um adepto do jogo: "A melhor coisa em Farmville são as sessões curtas entre 5 à 10 minutos. Assim você realmente não tem que se preocupar em ocupar muito tempo. Está mais como uma hora do café ou parada dos estudos ".


O jogo proporciona um senso real de cultivar?

O jogo trouxe benefícios positivos, como gerar um interesse em agricultura. Antes do desenvolvimento do jogo, a companhia que desenvolveu o mesmo fez muita pesquisa na área, para que eles pudessem fazer o jogo realista e poderiam dar para as pessoas um "senso real de cultivar ".

No EUA a atração de Farmville está sendo vista como um possível modo de atrair as pessoas mais jovens à cultivar, mas na Faculdade Agrícola escocesa em Aberdeen, um professor da área diz que o paralelo entre o real e mundo on-line está limitado.

Em uma fazenda virtual, é tudo sobre a satisfação imediata - você não tem que esperar seis meses para sua berinjela crescer e também você não pode comê-las.



Referências:

Adaptado de BBC News


Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Os comentários expressam a opinião dos visitantes e não do AUTOR deste blog. No momento os comentários são moderados, já que ultimamente temos recebido muitas inutilidades.

O autor não se responsabiliza por qualquer conseqüência e/ou dano que algum comentário venha a provocar a terceiros.

Comentários inadequados serão REMOVIDOS, incluindo ofensas pessoais, racismo, pregações religiosas, textos totalmente em letras MAIÚSCULAS, palavrões desnecessários ou miguxês, etc.

Obrigado e volte sempre.